[Análise] Dinâmica Humana e da Natureza (HANDY): Modelando a Desigualdade e o Uso de Recursos no Colapso ou Sustentabilidade de Sociedades

HANDY1                                                [faça o download da análise em pdf]

Há muita preocupação quanto à insustentabilidade das atuais tendências de uso dos recursos naturais. No entanto, as possibilidades reais de superação ou colapso permanecem controversas. Colapsos têm ocorrido com frequência na história das civilizações, muitas vezes seguidos por séculos de declínio econômico, intelectual e populacional. Fenômenos naturais e sociais diversos têm sido evocados para explicar colapsos específicos, ainda assim uma explicação geral permanece indefinida. Neste artigo, vamos construir um modelo de dinâmica de populações humanas, acrescentando riqueza acumulada e desigualdade econômica a um modelo predador-presa de humanos e natureza. A estrutura do modelo, e cenários simulados que oferecem implicações significativas, são explicados. Quatro equações descrevem a evolução das Elites, Comuns, Natureza, e Riqueza. O modelo mostra que Estratificação Econômica e Pressão Ecológica podem levar ao colapso de forma independente, em concordância com o registro histórico. A medida “Capacidade de Suporte” é desenvolvida e sua estimativa é demonstrada como um meio prático para detecção antecipada de um colapso. Mecanismos que levam a dois tipos de colapso são discutidos. As novas dinâmicas deste modelo podem reproduzir colapsos irreversíveis observados na História. Colapsos podem ser evitados e a população pode alcançar um estado de equilíbrio à capacidade de máxima de suporte se a taxa de esgotamento da natureza for reduzida a um nível sustentável e se os recursos forem distribuídos de maneira equitativa.

This entry was posted in Artigos, Relatórios, Textos and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.